Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Primeira Rodada do Leste – Jogo 2 – Boston Celtics (1-0) x Philadelphia 76ers (0-1)

Após estrear nos playoffs com vitória na última segunda-feira, o Boston Celtics volta a encarar o Philadelphia 76ers na noite desta quarta-feira, às 19h30, horário de Brasília. Apesar de não ter sido uma vitória extremamente tranquila, a equipe Celta liderada pela dupla Jaylen Brown e Jayson Tatum deu conta do recado, e espera continuar o bom momento com outro triunfo, assim colocando a pressão de vez nas costas do rival de divisão.

Relembre os jogos anteriores da série entre Boston Celtics e Philadelphia 76ers:

Jogo 1 – Celtics 109 x 101 76ers

Em muitos momentos do jogo a equipe de Boston teve a oportunidade de estender a liderança, porém algumas falhas dos dois lados da quadra, e um apagão geral do time no meio do terceiro período, poderiam ter custado à vitória.

“Eu estou muito feliz com a maneira como eles responderam quando estávamos atrás no placar, porém houveram três ou quatro vezes onde liderávamos por 10/11 pontos e eles diminuíram para três ou quatro. Precisamos melhorar nisso.” Disse o técnico Brad Stevens, sobre o desempenho da equipe na segunda etapa da partida.

A equipe de Boston espera se apoiar na capacidade de superar as adversidades no placar e da ótima performance no quarto período para levar a vitória no segundo jogo da série. Apesar do fraco início na partida, o armador Kemba Walker marcou 11 pontos no último quarto e rasgou elogios a dupla Jaylen Brown e Jayson Tatum.

“Esses dois caras são talentos especiais. Eles mostraram isso hoje. Em todo grande momento, eles fizeram grandes jogadas. Sempre que precisamos de uma grande jogada, eles fizeram.”

Além da missão de conter o pivô Joel Embiid que fez ótima partida no jogo 1 da série, a equipe de Boston precisará substituir o ala Gordon Hayward que se lesionou no último período da primeira partida e desfalcará a equipe por 4 semanas. Além de contribuir com 12 pontos, Hayward foi muito bem defensivamente na primeira partida da série, adicionando quatro roubadas de bola.

A ausência de Hayward não é um cenário novo para o Celtics. Na atual temporada, o ala desfalcou a equipe em 19 partidas. A boa notícia para o torcedor Celta é que nesses 19 jogos, a equipe venceu 14 e perdeu apenas 5.

Para substituir Hayward no quinteto titular, é esperado que o técnico Brad Stevens opte pelo combo guard Marcus Smart, assim como em jogos anteriores.

FICHA TÉCNICA

Local: The Field House (Orlando, FL)
Horário (de Brasília): 19h30
Transmissão: NBA League Pass
BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jaylen Brown, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens
Philadelphia 76ers: Shake Milton, Josh Richardson, Tobias Harris, Al Horford e Joel Embiid. Treinador: Brett Brown

Author avatar
Lucas França
Mineiro de Belo Horizonte, 24 anos, minha vida se resume ao Galo e ao Celtics, pivô nas horas vagas, tenho como maior ídolo Paul Pierce. Sempre busquei um lugar para falar do Celtics e da NBA, um só não é suficiente, então falo por aqui, pelo Celtão M1L GR4U (@Celtao17) no twitter e outros 450 blogs e perfis.

12 comentários

  1. R2

    Vamos aguardar e ver como vai ser a rotação… aí está a questão, precisamos dar confiança ao banco para meterem ao menos uns 15 pontos por jogo..

  2. Marco Antônio de Paula

    Acho que será um jogo complicado. Hayward vai fazer falta, Smart está numa má fase ofensivamente. E nosso Banco é complicado. Não achei que jogamos bem no ultimo jogo. Defendemos bem, mas atacamos mal. Muita escolha errada de arremesso. Kemba tem que melhorar. Smart precisa acertar a mão. Theis tem que descobrir um jeito de marcar melhor o Embiid. Não podemos esquecer. Esse primeiro jogo dos Sixers foi horroroso. dificilmente eles vão jogar pior que isso agora no segundo jogo. Então temos que melhorar para vencer novamente, Time por time, sou mais o nosso.

  3. Claudio Almeida

    Nossa maior chance é Romeo Langford desabrochar e entrar como jogador de loteria e top 5 do ensino médio. Se depender de Ojeleye, Javonte Green ou do anão Carsen Edwards estaremos mortos na série

  4. Leonardo

    Penso que, pela lesão do Hayward, Kemba vá chamar mais o joogo pois ele dividia muito a responsabilidade de armação. O que mais me preocupa é a rotação da segunda unidade sem o Smart. Teremos mais minutos de Wanamaker e Ojeleye. Vai ser (ainda mais) sofrimento. Eu queria ver o Stevens tentar usar o Theis um pouco de PF. Mais do que nunca o quinteto titular vai ter minutagem alta.

  5. Marcos

    Apesar da formação bizarra do Q1 (Wanna-Kemba-Smart-Oje-Grant juntos) levando -13, o time me pareceu bem melhor e ajustado do Q2 em diante.

    – Grant Williams pode jogar mais e Theis voltar um pouco na 4.
    – Smart libera o Kemba de vez.
    – Kanter ainda tem alguma utilidade.
    – Não precisa reduzir tanto a minutagem da garotada.

    Velocidade de cruzeiro rumo as finais.

    Abs verdes,

  6. Lucas Soares Jardim

    Eu sei que tem muita gente que acha o Brad Stevens ruim. Mas se o Brad é ruim, o que dizer do Brett Brown? kkkkkkk O baile que ele tomou hoje foi absurdo.

    No mais, jogo super tranquilo, o 76ers impõe muita intensidade no primeiro quarto quando o Embiid tá 100%, mas ao decorrer do jogo, sempre começamos a dominar as ações tranquilamente, e nosso banco apareceu finalmente.

    • Marco Antônio de Paula

      O Brown dos Sixers é horroroso, ele consegue ser pior que o Stevens, e olha que eu não gosto do Stevens. Time dos Sixers está perdido. Ainda bem.

  7. Marco Antônio de Paula

    Excelente vitória. Time hoje mostrou uma excelente defesa. Com a entrada do Smart era natural essa defesa melhorar. Sixers conseguiu fazer uma partida ainda pior que a primeira. Eles não tem muita alternativa quando o Celtics encaixa a defesa. Foi bom o banco ter contrinbuido com alguns pontinhos. Achei que o Kemba melhorou seu jogo hoje. Tatum jogando o de sempre, muito bem. Gostei da defesa do Brown hoje. Smart defendeu bem, mas ainda está faltando deslanchar no ataque. Jogando forte na defesa, temos tudo para seguir adiante.

    • Lucas Soares Jardim

      A questão do Smart é a que tem mais me preocupado, numa série contra o Raptors, caso a gente classifique, aqueles 12 pontinhos do Smart de média vão ser necessários, só que ele tem pontuado basicamente só na linha do lance livre, pq ele tá tijolando como nunca, e tão dobrando em outros jogadores nossos pra aproveitar isso.

      • Marco Antônio de Paula

        Eu acho que ele está muito soberbo. :Quer inventar jogadas bonitas, passes com efeito, e deve jogar o simples. Tem que treinar mais esse arremesso de fora, e fazer a melhor escolha em seus arremessos. Muitas vezes ele está forçando arremessos sem necessidade. O Kemba já melhorou nisso.

        • Marcos

          Parece meio soberbo, sim.

          Agora, ele tem números ruins de fg pq a maior parte dos arremessos que tenta é de fora e no estouro do relógio (ele sempre será médio/ruim nisso).

          Posso viver com cara errando arremessos (desde que poucos/no estouro), o que é inaceitável é perder cesta fácil, refugar o chute livre, sofrer tocos por trás em fast-break e defesa frouxa.
          Nada disso ocorre com o Smart.

          Quando infiltra, sempre sofre falta ou faz ponte aérea com os bigs.
          Não perde bandeja sozinho ou toma toco por trás como meia dúzia de outros atletas que temos/tínhamos.

          Precisa praticar o arremesso de fora e pegar ritmo (estilo Crowder). Antes da parada ele estava com melhor fg% da carreira.

          Uma alternativa interessante seria inserir o Grant Williams no time titular tb. Aí fica cada um na sua posição certinho.

          Abs verdes,

          • R2

            Gosto da ideia do Grant Williams.. e smart vindo do banco, mesmo tijolando ele ainda produz pontos, apesar de que nesse ultimo jogo nossos bancarios colaboraram inexplicavelmente bem!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *