Semifinais do Leste – Milwaukee Bucks (0-0) x Boston Celtics (0-0)

Exatamente um ano após uma série equilibrada e emocionante, que foi decidida apenas no Jogo 7, Milwaukee Bucks e Boston Celtics voltam a se encontrar nos playoffs, desta vez pelas semifinais da Conferência Leste. Vencedor no encontro anterior, com quatro vitórias em casa, o time verde e branco de Massachusetts terá que lidar com a alcunha de “azarão” diante da franquia de Wisconsin, que teve a melhor campanha da temporada regular e contará com o apoio de seu torcedor na primeira partida do mata-mata, marcada para a tarde deste domingo (28), às 14h (horário de Brasília), no Fiserv Forum, com transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Confira as matérias do Celtics Brasil sobre a série contra o Bucks:

Bucks x Celtics – Análises e Palpites

Decifra-me ou te devoro: o que o Boston Celtics deve fazer para frear Giannis Antetokounmpo

NBA divulga calendário da série entre Milwaukee Bucks e Boston Celtics

PodCeltics #81 (27/abr): É hora de dominar a Grécia!

Cotado como favorito ao título da Conferência Leste antes do início da temporada, o Boston Celtics sofreu com oscilações, não conseguiu corresponder às expectativas dentro de quadra e ficou na quarta colocação do Leste, uma posição honrosa, mas longe do que se esperava. Mesmo com uma varrida inquestionável diante do Indiana Pacers no primeiro round do Leste, o Celtics ainda tem muito a provar, e a série contra o Milwaukee Bucks é a chance de mostrar que o alto nível será algo frequente em busca do Banner 18, deixando a irregularidade recente no passado.

Por mais que a marcação sobre o ala Giannis Antetokounmpo seja uma preocupação, o Boston Celtics, a princípio, não deve ter substituições no quinteto titular para o primeiro jogo contra o Milwaukee Bucks. A única mudança significativa deve ser na rotação, com a inclusão do ala Semi Ojeleye, que auxiliará Al Horford, Marcus Morris e Jaylen Brown no combate a Giannis. A única baixa é o armador Marcus Smart, em fase final de recuperação de uma lesão no músculo oblíquo.

Depois da queda para o Boston Celtics na última edição dos playoffs, o Milwaukee Bucks apresentou uma evolução impressionante em apenas um ano. Comandado por Mike Budenholzer, eleito técnico do ano pelo Atlanta Hawks em 2015, o time de Wisconsin foi o único a conquistar 60 vitórias na temporada regular, mostrou solidez nos dois lados da quadra, reforçou a rotação e ainda deslanchou todo o potencial de Giannis Antetokounmpo, forte candidato ao prêmio de MVP. Agora, o Bucks reencontra o Celtics com sede de vingança, e as duas primeiras partidas em casa serão fundamentais para encaminhar a vaga nas finais do Leste.

Satisfeito com o desempenho na temporada regular e a varrida sobre o Detroit Pistons, Mike Budenholzer não promoverá alterações no quinteto titular do Milwaukee Bucks. Sem poder contar com o ala-armador Malcolm Brogdon, que ainda se recupera de uma lesão no calcanhar, o comandante da franquia de Milwaukee deve manter Sterling Brown na equipe. Na rotação, os destaques são o armador George Hill e o ala-pivô Nikola Mirotic.

FICHA TÉCNICA

Local: Fiserv Forum (Milwaukee, WI)

Horário (de Brasília): 14h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

MILWAUKEE BUCKS: Eric Bledsoe, Sterling Brown, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Brook Lopez. Treinador: Mike Budenholzer

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

21 Comentários

  1. Publicidade

  2. Rodrigo Ribeiro disse:

    Acredito na vitória hoje e na série, contagem regressiva jaja colocaremos o Bucks a prova, aqui é Celtics e a nossa camisa pesa, os nosso jogadores já internalizaram o que é ser um Celtics…

    15

    0
  3. Marcos disse:

    1o quarto, os matchups Irving x Hill e Horford x Grego estão favoráveis (o Hill não tem chances).

    Agora, qual a necessidade de jogar Terry e Irving juntos?
    Deixa o Brown e o Gordon jogar na 2, por favor!!

    Abs verdes,

    2

    0
  4. Murilo disse:

    Esse sim é o Gordon Hayward!!!

    16

    0
  5. Erondi Nunes disse:

    Ainda acham q o Bucks é favorito?

    Temos um time cascudo senhores.

    Baynes não pode marcar o grego, Giannis sai Horford também tem q sair.

    Smart faz falta na marcação de perímetro.

    4

    0
  6. Marcos disse:

    Playoff Al é o MVP do jogo, mas o Morris e Gordon jogaram mt bem.

    4o quarto faltando 4m, 21 na frente.

    Tentar abrir 2×0 e tirar o problema do mando,
    Abs verdes,

    5

    1
    • Murilo disse:

      O Jaylen Brown bem também, o jogo dele hoje nem se compara a maioria desempenhos horrorosos que ele teve a temporada regular

      Obs: Que toco do Al Horford!!….o Antetokounmpo foi até pro banco depois do lance….

      15

      0
  7. Robson disse:

    Que aula do Horford

    12

    1
  8. Tá confirmado. O grego é irmão do Embiid…

    8

    1
  9. Vinicius disse:

    Horford já mostrou como doutrina o Embiid, e hoje foi aula em Antekounoompo. Só falta achar um antídoto pra Kawhi. Pra mim, jogador mais completo da NBA.

    11

    1
  10. Teobaldo disse:

    Al Horford, EU JÁ SABIA!!!

    5

    0
  11. Marcelo Signori disse:

    Jogão, Brown e hayward crescendo na hora certa.

    3

    1
  12. Joao disse:

    4a0 celtao

    1

    0
  13. Fernando Silva disse:

    Prezados amigos celtas, eu não vi ao jogo.

    Mas o motivo justifica: aniversário de 11 anos de casamento e 20 de namoro.

    Eu estava na estrada voltando de viagem.

    Nem mesmo vi o box score, apenas o resultado.

    Não me surpreende. Mas não achemos que será fácil.

    Os Bucks não são os Pacers.

    Ainda creio em 4×2 (ou 4×3 Celtics).

    10

    1
    • Também não vi o jogo.
      E também estou comemorando 5 anos de casado.
      Estava na estrada da Itália para Suíça!
      E pensando no jogo.
      Infelizmente o fuso horário aqui não será favorável para ver os jogos do Celtics!
      Mas certeza que assistirei a final da conferência!

      2

      3
  14. Jailtonsv disse:

    Inicialmente, gostaria de dar minhas sinceras congratulações ao nosso colega celta Fernando. Parabéns pela longevidade de seu relacionamento (tanto o namoro, quanto o casamento). Desejo-te felicidades.

    Vamos manter a prudência, eles possuem um ótimo técnico e possuem muitas possibilidades para modificar o jogo, possibilidades de variar a forma de jogar devido a qualidade dos seus atletas. Budenholzer é suficientemente bom para encontrar um jeito de burlar nossa intensidade já na próxima partida, um grande técnico do outro lado é um problema que não tivemos em momento algum nos playoffa passados.

    Destaques para o Hayward (admito que sou um dos que pegam no pé dele), foram menos de 15 pts, mas, contribuiu bem. Gostei do Morris (longe de ter aquela displicência da temporada regular), feliz em ver o Ojeleye pegar uns minutos. Baynes foi guerreiro.

    Horford (colocou o grego no bolso) Irving (26 pontos, 11 assistências) dispensam comentários mais extensos. Stevens teve muita culpa nessa baixa pontuação do Bucks.

    Sei que isso é assunto de FA, porém, lançarei minha Hashtag com antecedência.

    #FicaIrving

    10

    0
  15. Fernando Henrique disse:

    Excelente a partida de hoje, não tem nem muita coisa pra acrescentar além do que o pessoal já falou

    O que me deixa mais tranquilo pros próximos jogos é que mesmo que algum jogador caia de produção provavelmente o Tatum vai crescer e compensar

    Confio que agora os times confirmem os mandos e a série acabe em Boston com um 4×2

    2

    0
  16. Kelson Almeida disse:

    Time todo foi excelente, sem qualquer duvida melhor jogo da temporada. Mas meu destaque vai pra o Brad Stevens, mudou o quinteto titulo, colocou o Morris no lugar do Baynes, jogador com mais mobilidade, ele junto com o Tatum foram muito eficientes na dobra com o Al Holford em cima do Giannis, que começou errando tudo, depois disso foi só administrar na rotação e não deixar ele crescer, melhor momento deles foi a 5 minutos do 2º quarto e o grego nem estava em quadra. Excelente partida.

    4

    0
  17. samucarj disse:

    A grande mudança de postura do Boston, passa pelo KI que tem jogado um basquete coletivo e elevando o nível dos companheiros. Ontem foi um show tático do Brad.

    O time deles é bom, mas o Boston está quase completo e esse time jogando de forma coletiva e disciplinada vai ficar difícil pra qualquer um. Temos um ótimo banco, com jogadores que podem decidir e manter o nível da equipe esse é o grande lance.

    Tatum ontem não foi brilhante no ataque, mas foi muito importante na defesa com as dobras no grego. Outros jogadores foram importante como Gordon H enfim acho que o grande lance pra esse time ir longe é jogar de forma coletiva.

    Com todos respeito ao BUCKS mas é um time de um jogador só, se marcarmos o grego como ontem quem vai decidir pra eles?

    Temos KI, AL H, Tatum, Brown, Gordon H jogadores que se um não estiver bem os outros podem fazer 20/25 e nos ajudar a vencer….

    Toronto tem K.L e um garrafão forte, mas também podemos vencer de forma coletiva.

    4

    0
  18. Marchall disse:

    Esse time começando com Brown; Tatum; Irving; Horford e Morris pareceu ser bem interessante!

    5

    0

Deixe um comentário