Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Mock Draft 2017 2.0

Após a confirmação das escolhas de loteria do próximo NBA Draft, com a franquia de Boston sendo confirmada com a principal seleção do recrutamento de 2017, o Celtics Brasil volta a atualizar seu Mock Draft 2017, prevendo e analisando as 14 principais escolhas do próximo recrutamento da liga. Acompanhe nos próximos parágrafos o Mock Draft 2017 2.0.

 

1. Boston Celtics (do Brooklyn Nets) – Markelle Fultz

Posição: Armador/Ala-Armador
Idade: 19 anos
Altura: 1,93m
Envergadura: 2,08m
Peso: 88 kg
Origem: Washington (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
35,723,25,75,91,61,24841,364,93,2

Markelle Fultz é um combo guard explosivo e com um jogo técnico bastante desenvolvido. Sua envergadura, velocidade e atleticismo impressionam e fazem-no levar bastante vantagem sobre seus matchups na posição, tornando-o praticamente imparável quando parte em direção à cesta. É um dos melhores arremessadores da classe, registrando médias acima de 40% nas bolas de três pontos. Possui ótima condução de bola, passe e visão da quadra, tornando-o também letal quando bem marcado, achando companheiros melhor colocados com facilidade. Além de tudo isso, é bom defensor das duas posições de armação. Precisa melhorar alguns aspectos de seu jogo como o aproveitamento nos lances livres e a tomada de decisões, mas ele é o pacote completo do jogador moderno da NBA. Seu potencial é ilimitado e chega pronto para ajudar de imediato a equipe que o escolher.

Comparação NBA: Russell Westbrook com maior QI de basquete; James Harden com ótimo atleticismo e defesa.

Análise Completa: Draft 2017 – Markelle Fultz

 

2. Los Angeles Lakers – Lonzo Ball

Posição: Armador
Idade: 19 anos
Altura: 1,98m
Envergadura: 2,01m
Peso: 86 kg
Origem: UCLA (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
35,114,66,07,61,80,854,741,267,32,5

Lonzo Ball é um armador clássico, de certa forma até meio nostálgico, por fazer lembrar dos anos 1980 e 1990, principalmente. É um jogador bastante técnico e cerebral. Sua capacidade de conduzir o ataque e achar seus companheiros em boas condições de pontuar é invejável. Sua altura e envergadura, comparáveis a de um ala, ajudam-no a ter uma boa vantagem contra seus matchup‘s. É um excelente defensor, que irá impactar desde o primeiro minuto de quadra na NBA. Precisa melhorar alguns aspectos de seu jogo, em especial o arremesso, mas tem todo o potencial para ser bem sucedido na liga. Vale lembrar que com Lonzo Ball, também está incluso no pacote o seu pai, Lavar Ball, que vem aprontando inúmeras polêmicas nos últimos meses.

Comparação NBA: Jason Kidd; um mix de Shaun Livingston e Ricky Rubio; Michael Carter-Williams calouro.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Lonzo Ball

 

3. Philadelphia 76ers (do Sacramento Kings) – Josh Jackson

Posição: Ala/Ala-Armador
Idade: 20 anos
Altura: 2,03m
Envergadura: 2,07m
Peso: 92 kg
Origem: Kansas (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
30,816,37,43,01,71,151,237,856,62,8

Estupidamente atlético, rápido, forte e com bom tamanho e envergadura, Jackson já tem o que é preciso para se dar bem desde os primeiros minutos na NBA. Trata-se também de um excepcional defensor, líder e hardworker nato, característica a qual é bastante valorizada em Boston. Apesar de não ser dos mais destacados tecnicamente, Jackson é bastante versátil ofensivamente, e faz de tudo para tentar pontuar para sua equipe. Vai ter que trabalhar bastante seu arremesso – inconsistente, apesar das boas médias – e sua tomada de decisões. Além disso, seu aproveitamento nos lances livres, inferior a 60%, preocupam bastante. Mas, com sua ética de trabalho, e seu potencial, deve mostrar melhoras nesses aspectos já em sua estreia na liga. Sua participação destacadíssima no March Madness, o credenciam bastante para sua estreia na liga.

Comparação NBA: Andre Iguodala; Jimmy Butler; Kawhi Leonard.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Josh Jackson

 

4. Phoenix Suns – Jayson Tatum

Posição: Ala
Idade: 19 anos
Altura: 2,03m
Envergadura: 2,11m
Peso: 93 kg
Origem: Duke (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
33,316,87,32,11,31,145,234,284,92,6

Jayson Tatum é um jogador completo, com praticamente nenhuma falha em seu jogo. O ala de Duke não tem o destaque físico-atlético de alguns dos outros jogadores da classe, mas compensa isso com invejável técnica e domínio dos fundamentos. O lendário técnico de Duke, Mike Krzyzewski, o “Coach K”, ex-técnico da seleção americana de basquete, é só elogios a Tatum: para Krzyzewski, Tatum é um dos mais dedicados jogadores que passaram por suas mãos, e um dos melhores defensores que já viu no basquete universitário, comparando-o ao seu também ex-comandado, Shane Battier. Ofensivamente, Tatum tem todo o ferramental técnico para impactar na NBA: atleticismo, tamanho, força, velocidade, passe, condução de bola, liderança e um ótimo arremesso. Outra ótima característica de Tatum é seu poder de decisão em momentos decisivos, o chamado clutch. Apesar dos 18 anos na temporada universitária, Tatum pareceu um veterano nestes momentos, lembrando um velho conhecido do Boston Celtics: Paul Pierce.

Comparação NBA: Um mix de Shane Battier e Jabari Parker; Paul Pierce.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Jayson Tatum

 

5. Sacramento Kings (do Philadelphia 76ers) – De’Aaron Fox

Posição: Armador
Idade: 19 anos
Altura: 1,93m
Envergadura: 1,99m
Peso: 78 kg
Origem: Kentucky (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
29,616,74,04,61,50,248,324,673,62,2

De’Aaron Fox é um tipo de armador mais clássico, com boa condução de bola, liderança, visão de jogo e que acha seus companheiros livres para pontuar com frequência. Além disso, Fox também é uma ameaça em infiltrações. Um dos jogadores mais velozes da classe, e com ótimo atleticismo, Fox ataca o garrafão a todo o momento para conseguir bandejas fáceis ou atrair a marcação e encontrar um companheiro em melhores condições. No entanto, o arremesso de Fox é bastante ruim, o que o torna presa fácil em determinadas situações. Por outro lado, Fox é um excelente defensor, que pode impactar na quadra defensiva de imediato. Seu grande desempenho no March Madness, liderando a equipe de Kentucky ao Elite 8, praticamente solidificou-o entre as cinco primeiras escolhas deste recrutamento.

Comparação NBA: John Wall; Rajon Rondo; Elfrid Payton mais explosivo.

Análise Detalhada: Draft 2017 – De’Aaron Fox

 

6. Orlando Magic – Malik Monk

Posição: Ala-Armador/Armador
Idade: 19 anos
Altura: 1,93m
Envergadura: 1,92m
Peso: 89 kg
Origem: Kentucky (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
32,119,82,52,30,90,544,939,782,22,0

Malik Monk é um pontuador nato. Ele é, muito provavelmente, o jogador da classe com a maior facilidade para colocar pontos no placar. Sua mecânica de arremesso é perfeita e linda de se ver, tornando-o mortal de qualquer ponto da quadra. Além disso, é um jogador bastante explosivo, com grande velocidade e atleticismo. Apesar de contribuir tanto em pontuação, Monk não consegue ajudar sua equipe em outros aspectos. Sua defesa é apenas regular, com algum potencial de evolução. Sua falta de capacidade em condução de bola, liderança e passe o tornam um jogador que consegue apenas criar seu próprio arremesso no ataque. Se a equipe que escolhê-lo conseguir lapidar estes últimos aspectos de seu jogo, poderá estar adquirindo uma nova estrela da liga.

Comparação NBA: Bradley Beal; um mix de Eric Gordon e Zach LaVine; Dion Waiters.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Malik Monk

 

7. Minnesota Timberwolves – Jonathan Isaac

Posição: Ala/Ala-Pivô
Idade: 19 anos
Altura: 2,11m
Envergadura: 2,16m
Peso: 93 kg
Origem: Florida State (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
26,212,07,81,21,21,551,334,878,01,5

Jonathan Isaac é um prospecto bastante sui generis. Alguém de 2,11m de altura, 2,17m de envergadura e que pode jogar de ala, com tamanha mobilidade, coordenação e controle de bola, é algo raro. Issac tem todos os atributos físico-atléticos para atuar nas três posições de ala do basquete: altura, envergadura, atleticismo, velocidade e agilidade sobram no combo forward de Florida State. Para ficar perfeito no aspecto físico, basta a ele gastar um tempo na academia para ganhar mais massa muscular. Em termos técnicos, Isaac impressiona ainda mais: ele é um dos melhores arremessadores da classe, um dos melhores reboteiros deste Draft e um grande e versátil defensor. Se tudo der certo para ele na carreira e atingir seu máximo potencial, deverá se tornar uma grande estrela da liga e um verdadeiro steal para quem escolhê-lo neste recrutamento.

Comparação NBA: Kevin Durant; Brandon Ingram; Jabari Parker com melhor defesa e rebote; Giannis Antetokounmpo com melhor arremesso.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Jonathan Isaac

 

8. New York Knicks – Dennis Smith

Posição: Armador
Idade: 19 anos
Altura: 1,91m
Envergadura: 1,91m
Peso: 88 kg
Origem: North Carolina State (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
34,818,14,66,21,90,445,835,971,53,3

Dennis Smith é uma aberração em velocidade e atleticismo. Chega ao garrafão adversário com enorme facilidade e em poucas passadas, cravando na cabeça de qualquer um que se meter pela frente. Sua condução de bola, liderança e passes precisos o tornam letal também quando lhe fecham o garrafão e não o permitem resolver tudo na “ignorância” físico-atlética. Precisa melhorar um pouco seu arremesso e sua defesa, mas não se tratam de falhas tão grandes em seu jogo. Smith tem bastante potencial para se consolidar como um dos grandes armadores da liga na próxima geração.

Comparação NBA: Um mix de Dennis Schröder e Zach LaVine; Eric Bledsoe; Russell Westbrook com menor capacidade nos arremessos.

Análise Detalhada: Draft 2017 – Dennis Smith

 

9. Dallas Mavericks – Lauri Markkanen

Posição: Ala-Pivô
Idade: 20 anos
Altura: 2,13m
Envergadura: 2,13m
Peso: 102 kg
Origem: Arizona (calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
30,815,67,20,90,40,549,042,383,51,1

Lauri Markkanen é também conhecido, por mim, como “Kelly Olynyk finlandês”. Os dois são branquelos, sem corpo, desengonçados, com habilidade e arremesso de armadores e defensores patéticos. Markkanen tem um pouco mais de envergadura que Olynyk, tornando possível ele tornar-se um defensor menos pior que o canadense. O arremesso de Markkanen é letal, obtendo uma expressiva marca superior a 40% nos arremessos de três pontos e 83,5% nos lances livres. O finlandês ainda pode ajudar de imediato em rebotes. Brincadeiras à parte com Olynyk, nesta nova fase da NBA, Markkanen é um jogador valiosíssimo e de grande encaixe, por seu tamanho e sua enorme capacidade de arremessar de longa distância.

Comparação NBA: Kelly Olynyk; Ryan Anderson com mais jogo dentro do garrafão.

 

10. Sacramento Kings – Frank Ntilikina

Posição: Armador
Idade: 18 anos
Altura: 1,96m
Envergadura: 1,96m
Peso: 77 kg
Origem: Strasbourg (França)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
18,85,22,31,40,70,247,641,760,60,9

Ntilikina é um prospecto intrigante. Pouco se sabe do jogador francês, por conta do tempo de quadra curto que tem em Strasbourg. Também pudera, trata-se de uma liga profissional das mais disputadas da Europa, e o armador tem apenas 18 anos. Do que se sabe dele, segundo olheiros que o viram treinar e jogar no velho continente, Ntilikina é um armador completo, com boa condução de bola, visão de jogo, passe, arremessos e defesa destacadas. Além disso, seus atributos físico-atléticos também impressionam, em especial sua grande velocidade. Seu aproveitamento nos lances livres, no entanto, preocupa. Por ter 18 anos, e pelos relatos de que se tem ciência, Ntilikina é um armador de enorme potencial e que, pode vir a se tornar um steal a esta altura do recrutamento.

Comparação NBA: Dennis Schröder com maior capacidade defensiva; Darren Collison longilíneo; Dante Exum.

 

11. Charlotte Hornets – Justin Jackson

Posição: Ala
Idade: 22 anos
Altura: 2,03m
Envergadura: 2,11m
Peso: 88 kg
Origem: North Carolina (Junior)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
32,218,44,72,80,80,244,036,874,81,7

Jackson é um jogador pronto para impactar na NBA de imediato, em uma posição que muitas equipes não possuem profundidade, nem muitas vezes um titular confiável. O título da última temporada do basquete universitário, pela Universidade de North Carolina, com grande atuações suas, o credencia para ser bastante cobiçado a esta altura do recrutamento. Jackson é um ala bastante versátil, que defende múltiplas posições, tem boa visão de quadra, ótimo arsenal ofensivo, incluindo um sólido arremesso de média e longa distâncias. No entanto, Jackson já parece ter chegado ao máximo potencial do seu jogo, principalmente em termos físicos e pela idade. Para equipes que precisam de ajuda imediata na posição de ala, Jackson é o nome certo.

Comparação NBA: Evan Turner; Joe Ingles; Chandler Parsons.

 

12. Detroit Pistons – Luke Kennard

Posição: Ala-Armador
Idade: 20 anos
Altura: 1,98m
Envergadura: 1,96m
Peso: 92 kg
Origem: Duke (segundanista)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
35,519,55,12,50,80,448,943,885,61,6

Kennard é o melhor arremessador da classe. O ala-armador de Duke, treinador pelo Coach K, impressiona por seu aproveitamento nos arremessos, seja de 3 pontos, de longa distância, ou lances livres. E, por ser um guard canhoto, torna-se ainda mais difícil detê-lo. Além do arremesso, Kennard também é um bom defensor, apesar de sua desvantagem física à média dos jogadores de basquete. O ala-armador de Duke é o jogador perfeito para quem precisa de bolas seguras convertidas do perímetro.

Comparação NBA: Kyle Korver; JJ Redick; Nik Stauskas.

 

13. Denver Nuggets – Zach Collins

Posição: Ala-Pivô/Pivô
Idade: 19 anos
Altura: 2,13m
Envergadura: 2,16m
Peso: 104 kg
Origem: Gonzaga (Calouro)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
17,210,05,90,40,51,866,047,674,31,5

Zach Collins foi outro que se beneficiou da boa campanha de sua equipe no March Madness, quando sua equipe, Gonzaga, chegou à grande final do basquete universitário, onde foi derrotada por North Carolina. Collins nem era uma peça fundamental na equipe de Gonzaga, mas nos seus menos de 20 minutos de jogo, produziu bem para sua equipe e chamou a atenção dos olheiros da NBA. Collins é um bigman que defende o garrafão como poucos, distribuindo bloqueios à rodo, abusando de sua boa estrutura físico-atlética. Ofensivamente, Collins também contribui bastante, com jogo refinado próximo à cesta, e um excelente arremesso de média e longa distância. Por ser jovem, Collins deve sofrer inicialmente na NBA, mas ele possui enorme potencial e ótimos aspectos de seu jogo, que o tornam uma ótima escolha à essa altura do recrutamento.

Comparação NBA: Myles Turner; Channing Frye.

 

14. Miami Heat – OG Anunoby

Posição: Ala/Ala-Pivô
Idade: 19 anos
Altura: 2,03m
Envergadura: 2,19m
Peso: 98 kg
Origem: Indiana (segundanista)

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
25,111,15,41,41,31,356,631,156,31,6

Anunoby é um combo forward especialista em defesa, capaz de pontuar com facilidade próximo à cesta e que tem potencial para ser um ótimo arremessador. Seu jogo defensivo impressiona, sendo considerado um dos melhores e mais completos defensores da classe. Com sua grande envergadura, contesta arremessos, e desvia passes, tornando difícil a vida do adversário. E está pronto para mostrar isso na NBA, sem necessidade de esperar evoluir alguns destes aspectos. Ofensivamente, no entanto, vai precisar de bastante polimento, principalmente nos arremessos livres, já que teve apenas 56,3% de aproveitamento no quesito. Anunoby é um arremessador capaz, principalmente em situações de catch-and-shoot. No entanto, com trabalho, OG pode se tornar um ótimo slasher na NBA também.

Comparação NBA: James Johnson; Taurean Prince; Al-Farouq Aminu.

Author avatar
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e engenheiro de softwares sênior. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby e pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira a que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Boston Red Sox e Green Bay Packers.

19 comentários

  1. Kenderson

    Baita comentário! Adorei as características do Jayson Tatum, com certeza tem tudo pra se destacar. Porém ainda fico na escolha por Fultz !

  2. Sander

    Fico com o Fultz é tentaria oferecer Crowder, Rozier, pick Menphis, pick Celtics 2018 e umas 2 ou 3 de segunda rodada para o Minnessota e pegaria o J. Isaac. Já. Isaac é uma aberração da natureza, jogaria de PF tranquilamente e tem tudo para se tornar um dos grandes no futuro.

  3. Celso Cachali Jr

    “Crowder, Rozier, pick Menphis, pick Celtics 2018 e umas 2 ou 3 de segunda rodada” Tudo isso por uma escolha de draft. calma la… ja um Rozier e uma Pick Menphis é o suficente. ate incluirira a pick dos Celtics tambem no maximo.

    FUltz é o meu Favorito, depois Tatum e em seguida Issac

    • Sander

      É uma pick 7 e um ótimo prospecto ( Isaac). Lembrando que o Ainge ofereceu 5 picks de primeira rodada para subir para a pick 9 afim de pegar o Winslow e os Hornetes não aceitaram.
      Na próxima temporada eu daria mais minutos para o Brown, visto que pode evoluir muito mais e o Crowder regrediu da temporada passada para a atual(sua defesa piorou muito). Rozier vai perder espaço com a chegada do Fultz, eu envolveria os dois para pegar a pick 7 sem problemas, posso ter exagerado na quantidade de picks, mas são picks que não vão nos acrescentar muita coisa em nosso roster, que já é cheio e, dificilmente um novato de segunda rodada irá entrar.

  4. Robson

    Fiquei impressionado com o jogo do Tatum. Pra mim só fica atrás do Fultz.

    • Marco Ferreira

      Confesso que também fiquei muito impressionado com o jogo do Tatum, o que não entendo direito é ele estar sendo considerado o 4º nome neste Draft, acredito que o Lonzo Ball fez seu nome mais em cima das polemicas do pai do que no próprio jogo.

      Fultz sem dúvida é a escolha mais segura (claro que existe todos os riscos) para elevar nossa franquia e também dar segurança, no final do contrato do nosso trio de armadores, caso não renove com algum deles.

  5. Barros

    Lembrando que Crowder interessou o Knicks em uma troca direta pelo Melo.

    • Andre Frenhane

      Vi aqui no seu comentário que uma pessoa negativou. Não sei o motivo de tanta negação com o Carmelo, ele acrescentaria bastante no nosso elenco. Ele não é a minha primeira opção, mas se ele aparecer em Boston eu vou ficar contente, ainda mais trocando por Crowder.

      • Marco Ferreira

        Andre concordo com você sobre o Carmelo, não entendo a negação em relação ao jogo dele por algumas pessoas, mas acredito que essa negativa do pessoal pode ser pela troca envolvendo o Crowder.

        O Jae Crowder tem 26 anos e um contrato de 3 anos que é uma barbada para o Celtic´s (6.000.000 na próxima temporada e 7.000.000 nas duas seguintes) com essa condição acredito que o Crowder pode ser envolvido em uma trade que traga mais valores agregados ao Celtic´s pois o Carmelo tem ainda dois anos de contrato com valores muito altos (26.000.000 na próxima temporada e 27.000.000 no último ano) e com uma idade de 33 anos.

        Uma troca assim faria, na minha opinião, uma jogada de Net’s pensando no agora e esquecendo o amanha, já que o nosso CAP subiria muito e ainda não nos deixaria em uma posição privilegiada para disputarmos títulos e seria uma amarração por 2 anos.

        Para finalizar, não acharia ruim o Crowder no banco Celta, estamos com um banco fraco e ter um jogador como ele na rotação poderia ajudar muito caso nenhum trade fosse feita com ele.

        • Andre Frenhane

          Então Marcos, como eu disse ele não é minha primeira opção. Mas vamos imaginar que a gente não consiga Hayward ou outro All Star para a posição (SF). O contrato dele vai ser bem vindo, apenas 2 anos, vamos brigar agora pelo título, teremos tempo de sobra para desenvolver Jaylen Brown, e depois podemos renovar por uma bagatela e ele seria um ótimo banco. Fora que ele também servirá de atrativo para o ano que vem. Se a troca for justa e nós não conseguirmos o que estamos almejando nessa FA, vai ser ótimo.

          • Ricardo Martini

            Andre, não sei se brigaríamos por título com a adição do Carmelo, além de acabar com o nosso CAP, sem contar que ano que vem Thomas, Bradley e Smart serão FA, ficaríamos engessados até 2020. Caso Hayward não venha para Boston eu tentaria Ibaka, mais barato e melhor defensor que carmelo.

        • Celso Cachali Jr

          O Problema nao é este… o problema é o Ego do Crowder que hoje se acha titular de qualquer equipe e nao vai gostar de sentar no banco. por isso a troca tem que ser feita.

      • Marco Ferreira

        Andre, eu concordo com você sobre não entender qual é a rejeição em ver o Carmelo com a camisa Celta, mas acredito que a negativada no comentário deve ser por causa da troca envolvendo o Crowder.

        Crowder tem um contrato de 3 anos que é uma barbada para o Celtic’s (6.000.000 na próxima temporada e 7.000.000 nas duas seguintes), alem de ele ter apenas 26 anos e ser um jogador muito competitivo que ainda pode evoluir e tem um bom mercado para uma troca mais vantajosa. Já o Carmelo tem 33 anos e um contrato de 2 anos com um valor considerado alto (26.000.000 na próxima temporada e 27.000.000 no ano seguinte), isso faria nosso CAP aumentar e não deixaria nossa franquia pronta pra bater de frente com os Cavs e Golden.

        Na minha opinião uma troca dessa seria um Net’s esperando ganhar a curto prazo e se não der certo ficaríamos prezo com um contrato alto por 2 anos. Prova disso foi a temporada dos Knicks, trouxeram alguns jogadores de nome para ajudar a franquia, mas até mesmo o Carmelo não se destacou nos jogos.

        Se caso não trocarmos o Crowder também não acharia ruim ver ele na nossa rotação, nossa segunda unidade está fraca e com o Crowder nela acredito que já ajudaria bastante.

    • Josue simplicio

      Acho boa essa troca e para concretizar envolveria uma escolha de segunda rodada.

  6. Celso Cachali Jr

    Carmelo é super bem vindo… Prefiro ele do que os PG e JB…. que teriamos que dar muitas coisas para fazer estas trocas.

    Carmelo e um Milsap ou Griffin estamos com time para brigar para agora e para o futuro.

  7. Felipe de Macedo Caldas Mendonça

    Escolheria o M. Fultz mesmo e tentaria trocar o Crowder + Rozier e outra pick do draft para tentar o Jonathan Isaac que pode vir a ser um otimo steal !

  8. Barros

    Uma troca direta com o Crowder, sem envolver picks e muitos role players, é perfeita. Carmelo tem talento e com o Stevens só iria acrescentar. Crowder sabe que vai ser trocado e tem tempo que não joga bem.

  9. PHABIO PASSOS

    BEM, VAMOS TROCA IDEIAS PRA NOSSO TIME:

    UMA TROCA ASSIM: CROWDER,YOUNG,SMART E ZELLER, MAIS NOSSA ESCOLHA 553 E 57 DESSE ANO, MAIS MENPHIS 2018, POR PAUL GEORGE E 1 PICK DO INDIANA DESSE ANO…

    OUTRA TROCA: JONHSON,JACKSON, MICKEY, YOKU, MAIS NOSSA ESCOLHA 37, MAIS PICK 2018, POR MONTIJUNAS E 1 PICK DO TORONTO DESSE ANO…
    NOSSO TIME 2017/2018
    THOMAS,BRADLEY,PG, GORDON, AL
    REZIER, FULTZ,BROWN,MONTJUNAS, OLYNYK
    JONAS, ZIZIC,GREEN, E SOBRA DUAS VAGAS( PODE SER NADER) ..
    VAMOS TROCA IDEIAS E SUGESTOES….

  10. Hum, já contaram a quantidade de armadores nesse draft?
    Posição vai ser muito crowded enquanto PGs dominantes ainda estarão em sua prime (Curry, Irving,etc).
    Muito suspicious.
    Torcer para Fultz ser o cara da sua geração (e a concorrência vai ser grande).

    Sobre o Crowder pelo Melo, não tem como comparar né galera?
    O Melo tem mt mais stats e qualidade que o Crowder.
    Tem que ser um pouco mais objetivo e menos torcedor em alguns momentos.
    Além disso, o Crowder vai continuar tomando vários minutos do Jaylen Brown (que deve contribuir muito nessa temporada).

    Minha oferta seriam as 3 picks de não loteria desse ano (ressalto, não temos espaço para usá-las) + Crowder (ou Rozier) e fillers pelo Melo.
    Uma oferta até justa, pois o Phil quer dropar folha salarial e contar com rookies.

    []s verdes

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.