Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (22-33) x Charlotte Hornets (23-32)

O Boston Celtics (13-15 em casa) recebe o Charlotte Hornets (10-16 fora de seus domínios), na noite desta 6ª-feira, no Td Garden, em um confronto direto por uma vaga nos Playoffs da Conferência Leste.

O maior campeão da NBA busca estender sua maior sequência de vitórias em casa, na temporada, na partida de logo mais. O ano celta, que vem sendo marcado por contínuos altos e baixos, parece começar a soprar bons ventos de forma regular, visto que a franquia de Massachusetts venceu 6 de seus últimos 9 confrontos, sendo a última partida – contra o tradicional rival New York Knicks -, a prova real disso, ao vencer por tranquilos 115×94, conquistando, assim, sua quarta vitória consecutiva no TD Garden.

Os 3 maiores cestinhas celtas, no duelo citado, foram todos adquiridos recentemente: Isaiah Thomas marcou 19 pontos, enquanto o sueco Jonas Jerebko conseguiu 20 pontos, nos seus primeiros jogos, como celtas, no TD Garden. Jae Crowder – adquirido junto ao Dallas Mavericks, na troca que enviou Rondo para o Texas, no dia 18/12/2014 – terminou o confronto com 18 pontos.

Uma das maiores esperanças celtas, para o jogo de logo mais, é o baixinho Isaiah Thomas, que vem realizando grande impacto, quando sai do banco de reservas. Nas 3 partidas, até aqui realizadas, como um celta, Thomas tem médias de 20.3 pontos, com um aproveitamento de 56.4% nos arremessos e 5.7 assistências.

QIhaCvv

 

 

 

 

 

Como visto, uma eventual vitória, logo mais, colocará o Celtics com a mesma campanha que o Charlotte Hornets e o aproximará, ainda mais, do Brooklyn Nets, atual dono da 8ª (e última) vaga para os Playoffs da temporada 2014/2015.

Pelo lado da franquia de Michael Jordan, o recém-chegado Mo Williams vem oferecendo grande ajuda ao extinto Bobcats, ao ter uma média de 21 pontos, por jogo, desde que chegou à Charlotte.

O veterano foi 1 dos 5 atletas da franquia a marcar, ao menos, 10 pontos, na vitória por 98×86 contra o Chicago Bulls, na última 4ª-feira, pondo fim a um incômodo jejum de 5 jogos sem vitória.

Outro destaque, que merece menção, da franquia adversária, é o ala Michael Kidd-Gilchrist (MKG), que foi o cestinha do time no duelo contra o Bulls, ao marcar 18 pontos. Além disso, MKG pegou 12 rebotes, garantindo mais um double-double em sua carreira. O ala, 2ª escolha-geral no 2012 NBA Draft, está com médias de 17.7 pontos (com 56.4% de aproveitamento) e 7.3 rebotes nos 3 últimos jogos, após ausentar-se das quadras por 2 partidas, por dores na coxa.

O Charlotte Hornets está com 3 vitórias, em 16 jogos na temporada, quando Kidd-Gilchrist não pode jogar. Com seu ala em quadra, a franquia de Michael Jordan ostenta um retrospecto de 20-19.

Por fim, o Hornets tentará vencer sua terceira partida consecutiva contra o Boston Celtics, em uma única temporada. A última vez que isso ocorreu foi em 2000/2001.

Ficha Técnica

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Boston Celtics: Marcus Smart, Avery Bradley, Evan Turner, Brandon Bass e Tyler Zeller. Treinador: Brad Stevens.

Charlotte Hornets: Mo Williams, Gerald Henderson, Michael Kidd-Gilchrist, Cody Zeller e Al Jefferson. Treinador: Steve Clifford.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

18 comentários

  1. Alefe Miranda

    será que o olynyk vai jogar essa?

  2. Barry

    Zeller ta sendo comido de 4.

  3. Sander

    Zeller marcando o Big Al hj???

    Medo.

  4. Alefe Miranda

    mais um jogo ganho pelo poder ofensivo do isaiah. ja era pra ser starter…..

  5. Marcos

    Galera,

    Assisti o jogo todo – esse era um confronto direto de muitos que virão pelos offs.
    O esquema de jogo do Brad com essas bolas de 3-s NCAA-like é uma porcaria, mas, galera, temos UM jogador de nível NBA no nosso time de novo, desde o PP34.

    Isaiah Thomas just domiantes…. matou o jogo a pau, meteu 22 boletas no 4 quarto e, junto com o Crowder, parou com os ataques malucos de 3 segundos, driblou a vontade, sofre uma pancada de faltas e ganhamos.

    Ainge, o IT foi um achado.

    Crowder e Jerebko podem ser renovados por um preço justo (contratos baratos).
    Aliás, acho que o time tem se comportado melhor sem o Sully, só minha impressão,

    []s verdes

  6. Alefe Miranda

    algo me diz que o alge do isaiah vai ser no celtics, e ainda vai fazer muito estrago com o celtão…

  7. drakes

    Depois do Prince que era um morto-vivo em Memphis, agora o Jerebko ressuscitou.

    Time vem tirando coelhos da cartola, onde menos se acredita.

  8. Alefe Miranda

    isaiah thomas 4 jogos pelo celtics media de 22,25 pontos por jogo, tva lendo em um site que ele nos tres jogos acertou mais lance livre que o rondo em 47 nessa temporada. 23 ft em 3 games . o rondo fez 19 ft em 47 kkk

  9. Maurício Green

    Que jogo meus amigos! Atmosfera de playoff no TD!

    Aos que ainda acham que o Brad não será um grande técnico no Celtics, acho bom rever seus conceitos. Eu acho que ele já é. Falta só um pouco de experiência e se provar nos playoffs, é claro, mas isso só o tempo vai trazer. Fazer o time jogar duro e bem no ambiente de trocas toda hora e contusões não é mole. Lembrando que ganhos no Oeste, que ganhamos de times top e foram poucos jogos que tomamos realmente pial essa temporada (2 ou 3 que me lembre…). O time tem um sistema e as formações são diversos. Essa historia de jogar com formação pequena costuma dar uma bombada absurda na defesa e o ataque vem junto.

    Aos que acha que o Angie é um mal GM, por favor rever seu conceito. Todos os movimentos da temporada foram bem feitos, sempre pesando no futuro. È duro ver jogadores que vc gosta irem embora, gostava do Green e do Rondo, mas esta claro que foi o melhor p o futuro. Só de exemplo que o Angie vai bem Turner , Jeredko e Crowder, não são All Star logico mas ótimos jogadores (OK só foram 2 bons jogos, mas como o Jeredko ficou tanto tempo esquecido em Detroid??).
    Isaias caiu como uma luva, nos deu condução de bola, penetração/lance livre, tiro de 3, poder de decisão… Que arma! E parece muito feliz em quadra se sentindo em casa.Isso tudo sem prejudicar a defesa já que AB e Smart são defensores sinistros.

    Playoff são possíveis, está claro que não vem tank pela frente. Vamos lutar e vai ser legal de ver.

    Abs

  10. Robson

    Excelente vitória. Pra dar moral. Confesso que não me empolguei muito quando da contratação do Isaiah Thomas, mas em pouquíssimo tempo me conquistou. Que jogador!
    Ainda não consegui digerir muito bem aquela derrota no OT em LA. Tivessemos vencido e hoje seríamos 8º.
    Tô botando fé nos playoffs. Estamos em crescimento (7-3 nos últimos 10 jogos), ao contrário de alguns dos rivais (Indiana também tem 7-3). E se nos deixarem chegar vamos dar muito trabalho pra quem quer que seja. Na hora do pega pra capar a camisa pesa e o TD Garden assusta.

  11. Renato

    Depois desses jogos me pergunto cada aquele moleque chato que vinha aqui para criticar o Ainge… o da foto de terno e gravata, gordinho pela saco.

    Marcos,

    Sempre respeito suas postagens, mas essa implicancia com o Stevens ta demais tb, como o Mauricio falou esta na hora de rever seus conceitos, o cara tirou leite de pedra em uma equipe tipo D, e fez virar uma equipe Tipo B. Transicao veloz, intensa marcacao de perimetro, otima distribuicao de tempo entre os atletas, varias formacoes taticas e ainda reclama dele assim nao da.

    O Grande destaque da partida foi o Thomas, com sua gana e capacidade de pontuar e cavar faltas (Harden 2.0 rsrsrsrs), mas nao vamos desmerecer o impacto defensivo gerado pelo Smart, e o fato de ser o 4 ou 5 jogo seguido que ele faz mais de 10 pontos.

    Jerebko e Crowder parecem ser bons jogadores de rotacao, acho que o Olynyk tera que voltar jogando muito, porque a defesa do Jerebko e melhor e se for provado que tem espaco para ele na equipe, acho que o Ainge ira negocia-lo na proxima temporada, como tentou fazer para pegar o Love.

    Bradley depois da chegada do Thomas e outro jogador, nada como ter uma sombra de peso ne rsrsrs, hoje pegou 2 rebotes ofensivos cravando.

    De uma maneira geral a marca dessa equipe e garra e competitividade, nao temos grandes talentos, exceto Thomas, mas podemos sim ir aos Playoffs se continuar com o foco.

    A rodada de hoje foi muito favoravel, Pistons, Heat, Hornets e Nets todos perderam, so o Pacers ganhou uma partida que foi beneficiado por lesoes, jogando contra o Cavaliers sem James e Irving

    • luiz eduardo

      esse idiota aí teve a coragem de comentar na pag da nba da depressão que o ainge é mais burro que o GM dos 76ers ! kkkkkk, será que esse cara é doente, amigo ?! haha

    • Marcos

      Fala Renato,

      Blz?

      Minha implicância com o Stevens é com o sistema de jogo de bola longa e, as vezes, ausência de leitura de jogo.

      Sempre gosto de fundamentar minha opinião, já me explico.

      Ontem ele fez um bom trabalho, não sei se alguém notou, mas o IT não jogou 95% do 3rd quarto guardado pelo Brad para o último quarto.
      Os time-outs também foram precisos assim como a minutagem do Jerebko.

      Vamos aos pormenores:
      Dominamos o 1st quarto com bolas de 3 que estavam caindo (principalmente do Smart, que não pontuou nada no 2nd tempo).
      Esse sistema de jogo insiste em queimar ataques de 3 segundos com essas bolas bobas e longas onde nosso time é incapaz de rebotear por natureza anã – devemos ser um dos times mais baixos da Liga agora que o Phoenix se desfez
      .
      A jogada do time era sempre Turner, AB ou MS e chute de 3 -> não vai funcionar com times com um mínimo de defesa decente ou quando as bolas pararem de cair como contra LA.

      No segundo tempo, o coach do Hornets finalmente acordou para a realidade do nosso garrafão horroroso e ficamos 7 (isso mesmo) sete minutos sem pontuar.
      Só porque o cara trocou a defesa para zona, nosso staff ficou totalmete perdido e, mais uma vez, não tínhamos nenhuma jogada treinada para esses momentos.
      No 3rd eles abriram uma larga vantagem que era difícil de ser tirada.

      Mas ele poupou o IT e o Crowder voltou jogando muito e fomos espetaculares no 4th quarto.

      Só isso, também estou torcendo para os offs.
      Ainge sempre foi mito, questionar isso depois do Big-3 que ele conseguiu depois de anos de contratações zoadas só pode ser loucura.

      Digo mais, o Ainge é um dos melhores ‘contratadores’ da Liga: dificilmente sobrepaga jogadores.
      Por isso que penso que as picks serão trocadas, a virtude do Ainge sempre foi as trades, veja essa do IT.
      Ele disse ter tentato o B. Lopez dos Nets, teria sido um ótimo reforço tb nesse nosso final pussh,

      Let’s go C’s
      P.S.: Jogos contra GSW e Cavaliers não são tão cruciais: Teremos confrontos ‘diretos’ contra Indiana, Nets e Detroit. Não podemos perder esses jogos-chave.

    • Marcos

      Quanto ao ‘tirar leite de pedra’ de jogadores, não vejo tanto isso:
      IT, Crowder e Prince mantiveram médias de carreiras então dá no mesmo.
      O Jerebko vem mantendo os %s de acordo com sua minutagem.
      A estatística é cruel como digo sempre, mas as vezes nossa torcida pelos C’s não nos deixa perceber.

      O importante nesse momento é a ‘química’ do time, parece estar bem melhor, talvez sem Rondo e Sully o clima esteja mais leve e a galera realmente comprometida,

      []s verdes

  12. Sander

    Se conseguirmos pegar os offs o Atlanta vai tremer.

    Temos tudo para em um futuro próximo ter a melhor defesa da NBA com Smart, Bradley, Crowder e Sully. É só conseguir um “C” proteror de aro nato pode ser DeAndre Jordan, mas eu sonho com Marc Gasol ou D. Cousins. Para PF podemos ter um deles: Paul Millsap, Lamarcão ou Monroe(bom nos rebotes). Para SF livre só lembro do Rud Gay, mas não sei se seria uma boa. Estou esperançoso que o Ainge vai aprontar alguma na noite do draft.

    Com a rapaziada dando o sangue marcando em quadra, não tem como ls que chegarem se dedicarem tbm. É galera o plano do Ainge foi ben melhor e mais rápido do que imaginamos.

    Verdes!

  13. Maurício Green

    Marcos, discussões assim é q fazem o Celtics Brasil legal!!! E não chigamentos e babaquice.

    Concordamos quanto ao Angie, também acho q a maior parte das picks q temos será envolvidas em trocas.

    Quanto o esquema de jogo descordo de ti. Acho q temos 1 e não é ruim pelo contrário, é moderno. Muitos times da NBA jogam assim abrindo a quadra e arriscando de 3. O que realmente falta é jogador com características mais adequadas ao sistema. Mas acho q isso é opção, ele primeiro estabeleceu o sistema é agora vai trimar o elenco. Os q chegaram e ficaram tem essa característica de abrir a quadra e arremessar de 3.

    Acho q a melhora sensível do time tem haver com IT. Na minha visão com Sully estaríamos ainda mais fortes pois teríamos mais rebotes e jogadas de post. IT como disse lá em cima trouxe muitas coisa q precisávamos. Isso ajudou Smart e o AB, a jogarem mais soltos. Quem perdeu espaço foi o Turner, que na armação era quebra galho.

    Abs

  14. Renato

    Marcos,

    Entendi seus argumentos, mas como Mauricio citou o esquema do Celtics e bem definido e muito moderno.

    O Stevens e super elogiado por executivos e tecnicos da NBA, vale lembrar que o Greg Popovic e admirador de seu sistema de jogo e ia assisti-lo na NCAA para se atualizar, mesmo sendo o melhor da NBA.

    O Fato das peças nao serem ideais, nao impede que seja implementado o conceito, e com o tempo apos Draft, Trade e FA, vai se moldando a equipe com os atletas certos para o esquema, exemplo disso e o Isaia Thomas.

    Ja fui jogador de basquete e te digo que nao e facil conduzir um grupo da forma como ele faz, mantendo todos felizes e motivados, mesmo com tantas caras novas e saida de companheiros.

    Temos que lembrar que na pratica nao temos um Center, ja que o Zeller nao contesta ninguem, ou seja, conseguimos resultados expressivos na base do jogo coletivo e de quem e o merito…

    Imagina voce tem uma equipe ai tiram de voce o Rondo, Green, Olynyk e Sullinger, a base da equipe foi para o espaço e o padrao nao muda

    Fique tranquilo amigo, com Ainge e Stevens tenho certeza que teremos ainda muitas alegrias em breve.

  15. leo grochoski

    infelizmente perdemos, mas Boston vem jogando tão legal que não to ligando muito com o resultado final, Isaiah Thomas, Smart e Bradley vem infernizando o perímetro adversário no ataque e defesa, Turner e Zeller vem jogando direitinho e Jerebko e Crowder realmente superando expectativas, 17 rebotes pro Crowder, Smart era contestado pelo seu arremesso de 3, hoje ele marca em horas decisivas, ainda tem como melhorar, Stevens vem fazendo o melhor possivel e o jogo hoje contra o melhor time da liga nessa temporada e o favorito a MVP, mostra isso.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.