Primeiro Round do Leste – Boston Celtics (1-0) x Indiana Pacers (0-1)

Depois de estrear no primeiro round da Conferência Leste com uma vitória em um jogo tenso e marcado por pobre produção ofensiva, o Boston Celtics volta a enfrentar o Indiana Pacers na noite desta quarta-feira (17), no TD Garden. Dono da vantagem do mando de quadra por ter melhor campanha na temporada regular, o time verde e branco de Massachusetts conta com o apoio de seu torcedor para encaminhar a vaga nas semifinais do Leste, enquanto a franquia de Indianapolis luta para tirar a pressão de seus ombros e voltar para casa com a série empatada. A segunda partida entre Celtics e Pacers começa às 20h (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Relembre como foi o primeiro jogo da série entre Celtics e Pacers:

Jogo 1 – Celtics 84 x 74 Pacers

Animado pela vitória em seu primeiro compromisso nos playoffs, o Boston Celtics espera uma atuação mais sólida e menos sofrimento no duelo seguinte contra o Indiana Pacers. Para isso, a equipe celta aposta em uma defesa sufocante, que permitiu apenas 29 pontos da franquia de Indianapolis no segundo tempo do Jogo 1, e na pressão da torcida no TD Garden. Por outro lado, Boston espera corrigir alguns pontos falhos, como a falta de atenção com a posse de bola, a produção na quadra de ataque e um envolvimento maior do ala-armador Jaylen Brown, substituto do lesionado Marcus Smart, nos dois lados da quadra.

No segundo jogo contra o Indiana Pacers, o técnico Brad Stevens não deve fazer mudanças no quinteto titular do Boston Celtics. Dessa forma, Jaylen Brown permanece como parceiro de perímetro do armador Kyrie Irving, enquanto Al Horford e Aron Baynes dividem a responsabilidade pelo garrafão celta. A única baixa de Boston é o armador Marcus Smart, que ainda se recupera de uma lesão no músculo oblíquo.

Enquanto o Boston Celtics luta para confirmar o favoritismo, o Indiana Pacers quer mostrar que a série não será tão fácil assim para a franquia verde e branca, mesmo a sem vantagem do mando de quadra. Para surpreender no Jogo 2, a franquia de Indianapolis deve concentrar sua produção ofensiva nos arremessos de longa distância do ala Bojan Bogdanovic, na força dos pivôs Myles Turner e Domantas Sabonis, e na transição da defesa para o ataque, aproveitando os erros do Celtics.

Mesmo com o desempenho abaixo das expectativas no primeiro jogo em Boston, principalmente na quadra de ataque, o técnico Nate McMillan deve manter o Indiana Pacers com o mesmo quinteto titular, com Wesley Matthews substituindo Victor Oladipo, que está fora dos playoffs por causa de uma cirurgia no joelho direito. Na rotação, além de Sabonis, Indiana conta com dois sólidos pontuadores de perímetro: o armador Cory Joseph, cestinha da equipe no Jogo 1, e o ala-armador Tyreke Evans.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

INDIANA PACERS: Darren Collison, Wesley Matthews, Bojan Bogdanovic, Thaddeus Young e Myles Turner

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

24 Comentários

  1. Publicidade

  2. R2 disse:

    Uma vitória maiúscula nessa partida é fundamental para derrubar o moral dos caras do pacers e tirá-los de vez da disputa e nos ajudar a fechar a coisa toda com 4×0

    0

    0
  3. Fernando Silva disse:

    Jogo difícil.

    Mais uma vez Q1 e Q2 equilibrados. Oscilamos.

    Mas tenho boa expectativa para os Q3 e Q4.

    Podemos melhorar.

    1

    0
  4. Fernando Silva disse:

    Q3 tenebroso.

    Esquecemos de trocar bolas no ataque?

    0

    0
  5. Fabrício disse:

    12 turnovers

    0

    0
  6. Fabrício disse:

    Morris não dá

    2

    0
  7. Lucas disse:

    Morris tenta passar no meio de dois perde a bola
    Rozier tenta passsr no meio de dois perde a bola
    Hayward forca a jogada em vez de gastar o tempo aro e pacers trabalha a bola e cesta

    Assim fica dificil , fora que teve muita bola que nao caiu que normalmente cairia sorte que agente ter o kirye

    2

    0
  8. Lucas disse:

    T.evans joga a bola pra cima e cai vtn

    1

    0
  9. Lucas disse:

    Poorra que saudade de ver uma cravada com vontade dessa !!! Tatum seu lindo !!!

    9

    0
  10. Marcos Pastich disse:

    Que paulada do Tatum! Levantou o time!

    7

    0
  11. Murilo disse:

    O kyrie é fera mano kkkkk

    4

    0
  12. pmuneroli disse:

    Kyrie MVP mode.

    1

    0
  13. Lucas Soares disse:

    Tatum e Kyrie carregaram nosso time hoje, Brown fazendo um playoffs bem abaixo mas na hora que precisou ele fez uma marcação muito forte e teve muita raça na briga pelos rebotes, Rozier fez um bom jogo assim como Hayward, Morris tudo de bom que ele fez primeiro jogo, nesse ele fez ao contrário kkkkkkk E por fim, Al Horford claramente debilitado dificultou muito nosso jogo mas no ultimo quarto ele conseguiu jogar no seu nível e ajudou absurdamente no crescimento do time.

    5

    0
  14. Lucas Soares disse:

    Só um complemento, Pacers é um ótimo time defensivamente, falta qualidade no ataque e a falta do Oladipo pesa muito pra eles. Mas a marcação que eles impõem é uma intensidade muito alta e muito bem feita.

    2

    0
  15. Fernando Silva disse:

    Ufa!!!

    Que Q4 para recuperar tudo o que perdemos no Q3.

    AH sentindo mas muito importante. Rebotes valiosos e fez seus pontos quando mais precisamos.

    GH também apareceu na “hora da onça beber água”.

    Tatum bem e KI nos salvando no ataque.

    Stevens deu uma cochilada no Q3 mas valeu pelo Q4. Gostaria de alguns pedidos de tempo quando o time se perde no ataque e insiste no isolation.

    E o Morris hein? Que oscilação!

    1

    0
  16. Fernando Silva disse:

    Concordo com o Lucas: o Pacers é um time organizado, disciplinado e com bons valores.

    Brown foi raçudo quando precisamos.

    3

    0
  17. Marco Antônio de Paula disse:

    Mais uma partida sem brilho do Celtics. Indiana é um time aplicado, mas falta muita técnica. Stevens continua na dependência da genialidade do Kyrie para decidir jogos contra adversários bem mais fracos que o Boston. Tatum hoje voltou a jogar bem. Brown, e Morris, mal. Horford muito importante, sinto que ele está no sacrifício. O problema é ter que aturar Theis e suas tijoladas. Precisamos beliscar pelo menos 1 partida fora agora.

    1

    3
    • Lucas disse:

      Nao acho que foi sem brilho , a defesa do pacers é muito forte , é impressionante a pressao que eles colocam dificilmente tem um chute limpo sem marcação , kyrie se sobressai porque é um scorer nato

      E nao acho que o brown ta mal nao , a marcacao que ele vem imprimindo no bognadovic e outros , é muita raça

      E no Q3 o time se perdeu de vez depois da falta técnica no Stevens , ele se perdeu e o time foi junto , reclamam da passividade do Stevens mas acho que isso sempre acalma os jogadores eles vem ele como ponto de equilíbrio(na minha opiniao) , quando ele se irrita demais o time vai na onda e isso nao é de hj sempre foi assim

      So acho que o time tem que trabalhar um pouquinho mais a bola no ataque , pq em indiana so a defesa nao vai fazer diferença pq as arbitragens sao muito caseiras e com essa intensidade que agente imprimiu em casa la vai ser 50 lance livre no jogo , torço pra que o horford se recupere e o kyrie mantenha essa mao abençoada que ele tem

      Celtics Pride!!!

      4

      0
  18. Marchall disse:

    Ganhamos apertado do poderoso Pacers sem o Vitor Oladipo, com esse joguinho vamos ser varridos para os Bucks!

    0

    13
    • Murilo disse:

      Na temporada passada também pensamos isso quando os celtics passaram do 1° round pra enfrentar os 76ers com o time desfalcado. Os Bucks são favoritos, mas os Celtics estão com muita fome de ganhar, e o time tem camisa, isso conta.

      5

      1
    • Olha man, não sou muito de comentar… mas eu tenho a impressão que vi isso a temporada atual inteira. Boston ta sempre sofrendo contra times teoricamente inferiores e jogando com sangue e batendo em times mais fortes! Tenho a impressão que o espirito desse time só aparece quando a coisa parece preta… vamos ver ai, mas eu não me surpreenderia em batermos os Bucks em 6 ou 5.

      6

      0
  19. Marcos Vinícius Witzke disse:

    A culpa é do Kyrie… Kyrie não lidera… Kyrie é jogador de time pequeno… Kyrie só serve pra dizer que a terra é plana… Troquem o Kyrie e coloquem o rozier de titular… Cadê os haters que encheram o saco a temporada inteira? Se não fosse ele ontem… E tem gente que acha que o rozier era a solução, aqui é Celtics PRIDE! TD Garden nos playoffs é o pior inferno da NBA! Aquelas camisas penduradas pesam demais!!!!!

    6

    4
    • Marcos disse:

      Ganhamos. E foi por culpa do Kyrie.
      Joga nada, só fez 37 pontos.

      Bom mesmo é o Rozier, jogador feliz e aplicado.

      #sarcasmo

      Bucks está voando, mas tem problemas na bola de 3.
      Ano passado não tinham técnico, agora conseguiram um melhor que o nosso.
      Vai ser uma grande série.

      Abs verdes,

      3

      3

Deixe um comentário