Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Rondo pode voltar a jogar na Liga de Desenvolvimento

Às vésperas de concluir o seu processo de recuperação de uma grave lesão nos ligamentos do joelho direito, o armador Rajon Rondo e os fãs do Boston Celtics agora aguardam qual será o momento de retorno do camisa 9 aos jogos. A volta de Rondo, porém, pode não ser com a camisa do maior campeão da história da NBA: cautelosos em relação ao assunto, comissão técnica e diretoria celta já pensam em enviar o armador para a Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), onde defenderia o Maine Red Claws e recuperaria, aos poucos, o seu ritmo de jogo.

Afiliado celta na D-League, o Maine Red Claws costuma ter, em seu elenco, atletas que tiveram breves passagens pelo Celtics ou mesmo os recém-chegados ao time, que procuram se adaptar às regras da NBA e crescer de produção (Avery Bradley e Fab Melo são alguns exemplos de atletas que passaram pelo Maine). No atual plantel, o Red Claws conta com Chris Babb, Damen Bell-Holter e Kammron Taylor, que chegaram a ser testados pela franquia de Boston na pré-temporada e não foram aprovados. Em quadra, porém, o desempenho da equipe vermelha e branca não é dos melhores: só chegou uma vez aos playoffs da D-League e, na atual edição, possui uma campanha inferior a 50%.

A ideia, que é comum no beisebol e nunca foi utilizada com um atleta All-Star na NBA, foi confirmada nesta segunda-feira (30), pelo técnico celta Brad Stevens. “(Rondo jogar na D-League) É uma possibilidade, com certeza. Estamos discutindo”, resumiu o treinador a Gary Washburn, do Boston Globe. Resta aguardar os próximos capítulos para saber se Rondo terá seu retorno triunfal em Boston ou se voltará, aos poucos, em um time de menor expressão.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Daniel Emiliano

    Imagina o que lotaria o ginásio do Red Claws se isso de fato viesse a acontecer…kkkkkkkk

    Eu assistiria todos os jogos deles..kkkkk

  2. Pedro Cortez

    Iria ser bastante engraçado ver ele jogando num time de serie B. Seria como por o neymar ou o messi jogando no barça B ate se recuperar…

  3. Danilo Jeolás

    Siinceramente, não vejo nada de bom. Entenderia se o objetivo fosse tankar, mas não é.

    • Daniel Emiliano

      Não, cara.
      Veja o que aconteceu com Kobe e Rose!
      Retornaram, jogaram meia dúzia de jogos e voltaram pra mesa de cirurgia.

      Jogando na DLeague o Rondo pode jogar seu basquete sem pressão, sem forçar o jogo e vai enfrentar adversários fisicamente bem inferiores aos da NBA.

      Jogar a Dleague é a melhor forma de ele recuperar a forma sem prejudicar o desenvolvimento da equipe, pois não se engane, pelo que vi dos primeiros treinos dele, o Rondo está MUITO distante de sua antiga forma e jogar agora mais iria atrapalhar a equipe do que ajudar.

  4. Thiago Matos

    Aguardem um jogo com umas 30 assistências….

  5. Fernando C S

    Não sei. Entendo que ele pode jogar sem pressão por resultado, mas o conflito faz atleta crescer. Primeiro eu gostaria de saber o que ele Rondo pensa sobre esta possibilidade. Não sei se é melhor treinar com o time ou jogar na D-League. Já imaginou se ele se machuca por lá? Enfim, uma nova lesão pode ocorrer até no treino…

    • Christian Lopes de Souza

      É diferente….porque sempre que o rondo entra na quadra, a marcação sobre ele é mais forte e todos sabem da capacidade dos marcadores fortes na nba fisicamente e isso que faz ele forçar…agora no Red os marcadores nao vao forçar tanto quanto um Wad…ou qualquer outro guard que force demais antes da hora….

      • Fernando C S

        Eu não acompanho a D-League. Será que não há risco do Rondo pegar pela frente algum “aspirante” à NBA querendo mostrar serviço? Sei apenas que o nível técnico é bem mais baixo.

  6. PHABIO PASSOS

    bem, sera bom pra ele para ter mais ritmo de jogo, pra saber com esta a lesao, sera boa ir pra liga desenvolvimento..

  7. Guilherme Varella

    É uma idéia estranha de se imaginar, mas se for bom pra ele, acho que vale a pena, resta saber se ele topa

  8. Fernando Nakashook

    Acabei de ver na Bleacher Report.
    Pelo visto a ideia de jogar na D-League partiu do próprio Rajon!

    http://boston.cbslocal.com/2014/01/02/ainge-on-rondo-possibly-playing-with-red-claws-hes-anxious-to-practice-and-play/

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.