Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Seis atletas disputam duas vagas no elenco do Celtics para 2016/2017

Depois de atuar em sete partidas de pré-temporada, o Boston Celtics terá agora uma difícil e importante missão pela frente: definir quais serão os 15 atletas que irão disputar a temporada 2016/2017 pelo maior campeão da história da NBA. A liga informou que os cortes no elenco devem ser feitos até segunda-feira (24), mas o Alviverde deve se antecipar e anunciar a decisão até este sábado (22).

O elenco do Boston Celtics na pré-temporada contou com 20 jogadores, o máximo permitido pela NBA, mas três cortes já foram confirmados pela franquia de Massachusetts: contratados apenas para a série de amistosos e alguns treinamentos, Damion Lee, Marcus Georges-Hunt e Jalen Jones devem reforçar o Maine Red Claws, afiliado celta na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League). Seis atletas disputam as últimas quatro vagas no grupo celta, mas o clima de mistério ainda ronda a franquia verde e branca, pois o GM Danny Ainge, de acordo com a imprensa de Boston, estuda uma possível negociação neste curto período, ao invés da dispensa forçada de outros dois jogadores.

Ainda trabalhando com a ideia dos cortes, o técnico Brad Stevens lamentou a situação e disse que os atletas ameaçados de dispensa apresentaram um bom papel nos jogos e treinos de pré-temporada. Para Stevens, esses jogadores mostraram condições de estar na NBA e atuar com a camisa celta.

“Tudo está sendo levado em consideração. O que fez dentro de quadra, fora de quadra, o que aconteceu nos últimos anos. Será uma decisão difícil, esses caras estão melhorando a cada dia, isso é algo que eles devem se orgulhar, não é fácil melhorar e manter sua confiança alta quando se lida com um monte de estresse. Estamos felizes por ter mais de 15 atletas em condições de jogar na NBA”, elogiou o treinador.

Confira uma pequena análise do desempenho dos atletas ameaçados de corte na pré-temporada e deixe a sua opinião nos comentários: para você, leitor do Celtics Brasil, quais jogadores devem sair do Alviverde?


James Young (SG/SF, 21 anos)

Lutando para disputar a sua terceira temporada com a camisa do Boston Celtics, James Young disse recentemente que não tinha medo de ser dispensado pela franquia verde e branca, e que sabia o que deveria fazer para permanecer na equipe. Nesses sete jogos de pré-temporada, Young pareceu mais disposto, concentrado, melhorou a produção ofensiva e até brigou por rebotes no garrafão, mas ainda sente dificuldades na quadra de defesa.

Risco de deixar a equipe: Alto

JogosMinutosFG%3ptsPtsRebAstStlBlk
717,242,4%33,3%5,63,61,00,60,1

 


R. J. Hunter (SG, 22 anos)

Principal concorrente de Young por uma vaga no elenco do Celtics, Hunter teve menos tempo de ação, mas registrou melhor média de pontos e melhor aproveitamento nos arremessos. Além disso, Hunter anotou 10 ou mais pontos em três dos sete jogos celtas na pré-temporada. Por outro lado, o ala-armador ainda comete erros bobos na defesa, pega poucos rebotes e cometeu muitos erros em lances de longa distância, sua especialidade.

Risco de deixar a equipe: Alto

JogosMinFG%3PtsPtsRebAstStlBlk
714,843,2%29,2%7,01,41,60,90,1

 


Jordan Mickey (PF/C, 22 anos)

Revelação do Boston Celtics na Summer League de 2015 e destaque do Maine Red Claws na D-League, Jordan Mickey não repetiu o bom desempenho da última temporada neste segundo semestre de 2016. Além de ter ido mal na última Summer League, Mickey mostrou desatenção em vários momentos da pré-temporada. Foi bem contra o Charlotte Hornets, quando fez 16 pontos, e só. Está ameaçado, mas deve permanecer no Celtics, que ainda sofre com uma rotação mais sólida no garrafão.

Risco de deixar a equipe: Médio

JogosMinFG%3PtsPtsRebAstStlBlk
714,652,8%6,04,60,60,70,6

 


Demetrius Jackson (PG, 22 anos)

Assim como em sua participação na Summer League, o armador Demetrius Jackson não deixou uma boa impressão. O camisa 9 registrou bons percentuais de arremesso, mas mostrou fragilidade na marcação. Apesar de ainda deixar dúvidas em alguns torcedores celtas, Jackson dificilmente deve ser dispensado, ainda mais depois que Marcus Smart abraçou de vez a função de ala-armador.

Risco de deixar a equipe: Médio

 

JogosMinFG%3PtsPtsRebAstStlBlk
611,452,2%55,6%5,31,02,30,80,3

 


Gerald Green (SG/SF, 30 anos)

De volta ao Boston Celtics depois de nove anos, Gerald Green foi contratado para trazer experiência à rotação e melhorar o aproveitamento nos arremessos de três pontos. Prejudicado por uma lesão no músculo flexor do quadril, o experiente ala não rendeu o esperado e teve o seu nome ventilado na temida lista de dispensa, mas deve permanecer no elenco, até porque Brad Stevens e Isaiah Thomas já deixaram claro que contam com Green em 2016/2017.

Risco de deixar a equipe: Baixo

JogosMinFG%3PtsPtsRebAstStlBlk
516,436,6%9,1%8,02,01,80,20,2

 


Ben Bentil (PF, 21 anos)

O jovem ala-pivô Ben Bentil não apresentou um desempenho espetacular na Summer League, não impressionou nos treinamentos e teve pouco tempo de ação na pré-temporada. Quando foi exigido, mostrou algum talento para rebotes, mas foi só. As chances de Bentil permanecer em Boston são remotas, é mais provável que o atleta defenda o Maine Red Claws na D-League.

Risco de deixar a equipe: Altíssimo

JogosMinFG%3PtsPtsRebAstStlBlk
312,935,7%5,04,30,31,0

 

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 comentários

  1. Lucas Oliveira

    Bentil quase certamente está fora, considerando tempo de quadra e aproveitamento.
    Novamente caímos na questão Hunter / Young. Vou ser bem direto aqui, acho que ambos melhoraram, mas a verdade é que não diferença significativa entre eles, levando a uma preferencia mais pessoal do que de competência.
    Para levar a discussão para um lado mais lógico vou dizer o seguinte, não acho que nenhum dos dois será (ao menos em curto prazo) um jogador muito relevante para equipe, então mesmo com a questão da idade, fique com o Hunter que tem mais tempo de contrato de rookie e ponto final.

  2. Bentil é um dos cortados e Green está garantido
    Essas são minhas duas certezas. Ponto!
    Restam então 3 vagas pra 4.

    Mickey e Jackson fizeram uma liga de verão HORROROSA!
    E agora na pré temporada continuaram não mostrando muita coisa.
    Jackson com uma defesa de dar medo e sem espírito de urgência, e Mickey com uma lentidão e má vontade que da raiva, além de se mostrar muito ineficiente em angariar rebotes.

    Hunter e Young por outro lado tiveram seus momentos na liga de verão (principalmente Hunter) e agora na pré-temporada mostraram todo o espírito de urgência de quem precisa conquistar uma vaga no elenco.
    Podem não ter jogado bem todos os jogos, mas estavam lá, brigando, se esforçando.

    Sendo assim, eu manteria os dois.
    A briga ficaria portanto entre os dois sem vontade (Mickey e Jackson).

    Só que o Mickey joga no garrafão, onde é preciso ter sempre uma boa profundidade no elenco, por conta de lesões constantes, enquanto o Jackson joga em uma posição que já tem a sua frente Thomas, Smart e Rozier.

    Então pra mim o cortado final vai ser o Jackson!

  3. Fernando C Silva

    Concordo. Bentil e Jackson out.

    Porém, Young, fosse eu, receberia aviso prévio de uma season.

    Ou melhora, ou…

  4. Sander

    Bentil e Jackson fora!

  5. PHABIO PASSOS

    OK, SAIU NO SITE ESPN AMERICANO, QUE CELTICS, CONTRATOU RYAN ALEN DO ATLANTA HANKS,SERA JOGADOR INTERESSANTE?

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.