Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Kyrie Irving e Terry Rozier confirmam expectativas e se despedem do Boston Celtics

Em meio à euforia pela contratação do armador Kemba Walker, o Boston Celtics confirmou, na noite deste domingo (30), a saída de seus dois principais armadores na temporada 2018/2019 da NBA. Cestinha do time verde e branco de Massachusetts na última edição da liga, Kyrie Irving acertou transferência para o Brooklyn Nets, rival celta na Divisão do Atlântico, enquanto Terry Rozier fechou um acordo para substituir Walker no Charlotte Hornets.

Contratado pelo Boston Celtics em agosto de 2017, em uma negociação que resultou na transferência de Isaiah Thomas, Jae Crowder, Ante Zizic e duas escolhas de Draft para o Cleveland Cavaliers, Kyrie Irving tinha a esperança de liderar o Alviverde a um título da NBA, mas não obteve êxito na missão: depois de sofrer uma lesão no joelho esquerdo e perder os playoffs de 2018, o camisa 11 caiu de produção na fase decisiva da temporada e foi um dos pontos negativos na eliminação celta para o Milwaukee Bucks. Na temporada 2018/2019, Irving participou de 67 jogos pelo Celtics, todos como titular, com médias de 23,8 pontos, 6,9 assistências e 5,0 rebotes em 33,0 minutos.

Terry Rozier, por sua vez, se despede após quatro temporadas vestindo a camisa do Boston Celtics. Recrutado pelo time verde e branco de Massachusetts na 16ª escolha do 2015 NBA Draft, Rozier nunca se firmou como titular em Boston, mas teve um momento de destaque durante os playoffs de 2018, quando substituiu o lesionado Kyrie Irving. Em 2018/2019, seu último ano no Celtics, o camisa 12 atuou em 79 jogos, 14 deles como titular, e registrou médias de 9,0 pontos, 3,9 rebotes e 2,9 assistências em 22,7 minutos.

Kyrie Irving e Terry Rozier deixam o elenco do Boston Celtics após momentos de tensão durante a temporada 2018/2019, quando o Alviverde era cotado como candidato ao título, mas passou longe de uma boa campanha pela falta de sincronia da equipe, dentro e fora de quadra. Enquanto Irving, contratado para ser a referência do Celtics, foi duramente criticado por seu comportamento misterioso e instável, Rozier deixou uma péssima impressão com uma série de atuações desastrosas e críticas ao técnico Brad Stevens.

Agora, o Boston Celtics aposta todas as suas fichas na habilidade e na liderança de Kemba Walker, que chega ao Alviverde após oito temporadas no Charlotte Hornets. Por ora, os reservas imediatos de Walker são os calouros Carsen Edwards e Tremont Waters, recrutados no segundo round do 2019 NBA Draft, mas o time verde e branco de Massachusetts não descarta a contratação de um nome mais experiente para dar suporte ao novo astro.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 comentários

  1. Erondi Nunes

    Bela jogada de Phila, se prenderam a Horford e Tobias Harris até o suas aposentadorias.

    Sem falar q o banco deles é horrível.

  2. Fernando Silva

    Os Bucks também perderam gente.

    No Phyla, faz algum tempo, a estratégia é kamikaze

  3. Fernando Silva

    Posso me surpreender, mas creio em Phyla e Bucks mais fracos.

    Se conseguirmos um bom 5 e manter Morris, podemos estar mais fortes.

    Os Nets apostam na season seguinte, com Durant, óbvio.

    Assim, podemos, a depender dos últimos detalhes no fechamento do time, EM TEORIA, disputar a conferência com Toronto.

  4. A destacar que o Ainge fez o que faz de MELHOR ao buscar essa S&T de Kemba por Rozier.
    Liberou full MLE e um pouco de CAP.
    Agora é buscar o Sabonis por Ojeleye + Yabu + Langford (que é de IND) e sentar com o Cousins e Morris juntos e em uma conversa bem franca para preencher o resto do CAP.

    Walker-Brown-Tatum-Sabonis-Cousins
    Smart-Gordon-Morris-Theis-R. Williams (Falls)

    É possível e é um baita time.

    O Ainge também fez o que faz de PIOR: um draft horroroso, cheio de jogadores e posições que não precisamos e alguns que sequer vão jogar a Liga.
    Já cansei de falar isso aqui: o Boston Celtics é a franquia que mais destrói sonhos de armadores ao draftar os caras e nunca dar uma chance aos coitados.
    Picks podem ser vendidas e, ao menos, acrescenta-se dinheiro ao caixa.
    Deveríamos ter dado todo o foco em PFs e alas com o maior atleticismo possível no momento da escolha.
    Pegamos um PF baixo e gordinho e 5 armadores.
    É dose. Ainge é muito ruim de draft.

    Abs verdes,
    P.S.: Nossos maiores rivais são hoje os francos favoritos ao título e as únicas esperanças para evitar isso parece ser K. Thompson ter uma recuperação milagrosa ou o Leonard escolher morar em Toronto.
    Foi uma temporada desastrosa.
    Nível década de 90.

    • Ah, o staff médico dos Celtics também tomou outra decisão “jenial” ao não operar o R. Williams (problema crônico circulação próximo ao joelho) sob a justificativa que o calouro ira ter “minutos”.

      Já sabe o que deve acontecer em 2020, né?

      []s verdes,

  5. phabio passos

    ola turma do celtics me tira duvida:
    os contratos de:rozier, irving,al harford
    e teve os contratos pequenos de : dozier, gibson,hunter,
    com esses jogadores fora do elenco, no cap pode melhora e contratar alguem mais…

    • drakes

      Phabio, só olhando mas na nba é obrigado a contar em folha certo números de jogadores, caso vc não os tenha, há um valor que sobe a cada vaga aberta, pelo que me lembro só o yabu faria diferença.

  6. […] Kyrie Irving e Terry Rozier se despedem do Boston Celtics […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *