Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (22-42) x New York Knicks (25-40)

Pouco mais de 24h após uma derrota até certo ponto esperada diante do líder Indiana Pacers, o Boston Celtics já volta a atuar na noite desta quarta-feira (12), diante de sua apaixonada torcida. Sem muitas perspectivas na temporada, o Alviverde tem a rivalidade como atrativo para obter uma vitória no TD Garden, já que o oponente será o rival New York Knicks.

Na 12ª posição da conferência Leste, um aproveitamento de 34,4% e cinco vitórias a menos que o primeiro time na zona de classificação para os playoffs, o Celtics entra na reta final da temporada regular sem muitas expectativas. Sem muitas chances de realizar uma arrancada e garantir a vaga na pós-temporada, o time de Boston apenas utiliza os últimos jogos em 2013/2014 para avaliar o elenco e beliscar algumas vitórias, como aconteceu recentemente em duelos contra Brooklyn Nets e Detroit Pistons. Talvez por isso, o desempenho diante do Knicks seja uma grande incógnita: entrará em quadra o time do ‘tank’ ou a equipe que teve boas atuações recentes?

Para buscar a vitória diante do rival de Nova York, Brad Stevens continuará tendo três desfalques: o ala-armador Avery Bradley (problemas no tornozelo direito), o ala Gerald Wallace (lesões no tornozelo e no joelho esquerdo) e o pivô Vitor Faverani (artroscopia no joelho esquerdo). Além deles, o Celtics pode contar com a ausência do armador e capitão Rajon Rondo, que deve ser poupado de mais um back-to-back. Se o camisa 9 for vetado, Phil Pressey será o substituto natural.

Semifinalista do Leste em sua última participação na NBA, o New York Knicks vive dias de indefinição. Com uma campanha muito abaixo das expectativas (10º no Leste, com 38,5% de aproveitamento), os Knickerbockers sofrem ainda com diversas lesões, com as grandes chances de saída do ala Carmelo Anthony e também a indefinição sobre a saída do treinador Mike Woodson, com o lendário Phil Jackson sendo cotado para assumir a franquia nova-iorquina. Vindo de uma série de quatro vitórias, o NYK espera surpreender o Celtics em Boston e continuar vivo na briga por uma vaga nos playoffs.

Para escalar o time que enfrentará os celtas, Mike Woodson terá alguns problemas. Com Andrea Bargnani e Kenyon Martin barrados por causa de lesões e Tyson Chandler fora por problemas pessoais, o treinador pode ter que mudar de ideia sobre um descanso a Amar’e Stoudemire, já que ficará sem opções no garrafão. Ainda existe a expectativa da volta de Chandler neste confronto, o que resultaria no repouso a Stoudemire, mas o time só será definido minutos antes do início do confronto.

Na atual temporada, Celtics e Knicks já se enfrentaram três vezes, com ampla vantagem da franquia de Boston. No dia 8 de dezembro, no Madison Square Garden, os celtas tiveram a sua melhor atuação em 2013/2014 e simplesmente destruíram o rival nova-iorquino dentro de seu próprio lar, com uma vitória incontestável por 114 a 73. Cinco dias depois, no TD Garden, o Knicks equilibrou um pouco mais as ações, mas sofreu uma nova derrota, desta vez por 90 a 86. A vingança do NYK só aconteceu no dia 28 de janeiro, quando os Knickerbockers não fizeram feio diante de sua torcida e bateram o Celtics por 114 a 88.

Ficha Técnica

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário: 20h30 (horário de Brasília)

Transmissão: @Celtics_Brasil

Boston Celtics: Phil Pressey (Rajon Rondo), Jerryd Bayless, Jeff Green, Brandon Bass e Kris Humphries. T: Brad Stevens

New York Knicks: Raymond Felton, Iman Shumpert, J.R. Smith, Carmelo Anthony e Amar’e Stoudemire (Tyson Chandler). T: Mike Woodson

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 comentários

  1. Danilo Jeolás

    Venceremos o jogo por pouco.

  2. PHABIO PASSOS

    BEMM , PARA NOS BOM OU NAO VENCEMOS O JOGO? PRA MELHORAR A POSICAO NO DRAFT????

  3. Demos uma ajudinha para Knicks entrar de vez na briga pelo Playoffs.. porque Rondo não jogo?

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.