Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Toronto Raptors (21-9) x Boston Celtics (20-7)

Maior campeão da história da NBA e dono da segunda melhor campanha da Conferência Leste na temporada 2019/2020, o Boston Celtics participa pela 33ª vez da tradicional rodada de Natal na tarde desta quarta-feira (25). Embalado por três vitórias consecutivas, o time verde e branco de Massachusetts defende a sua posição diante do atual campeão Toronto Raptors, em duelo que começa às 14h (horário de Brasília) e será disputado na Scotiabank Arena, com transmissão da ESPN para todo o Brasil. Será o segundo jogo entre Celtics e Raptors nesta edição da liga: no dia 25 de outubro, em Boston, o Alviverde venceu por 112 a 106.

O Boston Celtics chega ao duelo da rodada de Natal com a confiança renovada pelos resultados mais recentes na temporada. Depois de sofrer derrotas em um back-to-back contra Indiana Pacers e Philadelphia 76ers, a franquia de Massachusetts lidou bem com a pressão, engatou três vitórias consecutivas e se consolidou na vice-liderança da Conferência Leste. Com o astral elevado e diante de um Toronto Raptors desfalcado, o Celtics quer aproveitar o momento festivo para manter a série invicta na competição.

Em Toronto, o Boston Celtics deve contar com o retorno do ala Gordon Hayward ao quinteto titular: com dores no pé esquerdo, Hayward não esteve em quadra nas últimas três partidas do Alviverde. Já na rotação, o Celtics poderá escalar o pivô Enes Kanter, que teve sua segurança garantida e atuará normalmente no Canadá, em meio aos problemas com o governo turco. A única baixa celta é o combo guard Marcus Smart, que ainda se recupera de uma infecção nos dois olhos.

Mesmo sem o ala Kawhi Leonard, destaque na conquista do inédito título da NBA em 2018/2019, e com vários desfalques, principalmente no garrafão, o Toronto Raptors se mantém competitivo nesta temporada, com uma distância de apenas 0.5 jogo para o vice-líder Boston Celtics. Com seis vitórias nas últimas oito partidas, a franquia canadense está fazendo jogo duro contra os seus rivais mais recentes: além de conseguir uma virada histórica contra o Dallas Mavericks, cortando um prejuízo de 30 pontos, o Raptors vendeu caro um tropeço diante do Indiana Pacers, levando a definição do confronto para a prorrogação. Com esse espírito e o apoio da torcida, Toronto quer bater o Celtics e subir na classificação.

Diante do Boston Celtics, o técnico Nick Nurse não poderá escalar os principais atletas de garrafão do Toronto Raptors: enquanto o ala-pivô Pascal Siakam se recupera de um estiramento na virilha, o pivô Marc Gasol sofre com uma distensão na coxa esquerda. Além disso, o ala-armador Norman Powell está com uma luxação no ombro esquerdo. Sem essas peças, a tendência é que o Raptors jogue com uma formação small ball, apostando em Serge Ibaka como pivô e na eficiência do perímetro, formado por Kyle Lowry e Fred VanVleet.

FICHA TÉCNICA

Local: Scotiabank Arena (Toronto, ON)

Horário (de Brasília): 14h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

TORONTO RAPTORS: Fred VanVleet, Kyle Lowry, Patrick McCaw, OG Anunoby e Serge Ibaka. Treinador: Nick Nurse

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Jaylen Brown, Gordon Hayward (Semi Ojeleye), Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

17 comentários

  1. Agnello

    Espero um jogão dentro de 1 hora😄

  2. Fernando Silva

    Espero uma vitória convincente.

    Lets go Celtics

  3. Claudio Almeida

    Eu falei, Wanamaker para MVP

  4. Big Fat

    Esse wanamaker sei não em

  5. Fernando Silva

    Kanter bem.

    Nosso Q2 está complicado e os Raptors estão cortando a vantagem. Não é de se admirar pois estamos com Semi e Wana em quadra.

    Wana fez alguns bons jogos, mas voltou a ter uma série bem ruim.

    Tatum está brigando bem no garrafão e colhendo alguns rebotes.

    Quando vejo este bom desempenho de Tatum, penso que estamos bem servdios na 4.

    Se Kanter der um up na defesa…

    • Fernando Henrique

      Tatum hoje ta com um azar, nada caindo até agora. Espero que para os próximos quartos a sorte dele vire

      • Fernando Silva

        Em dias assim, melhor ajudar o time de outra forma.

        Logo ganha confiança, tenta um arremesso mais fácil e a bola começa a cair.

        Mais nervosismo do que qualquer outra coisa.

        Tem que deixar ele em quadra sim, mas falta orientação do Stevens, conversar com o garoto.

  6. Claudio Almeida

    Wanamaker para MVP

  7. Fernando Silva

    Theis fazendo o de sempre: bem regular, um trabalho bem honesto na 5. Porém, contra Phylla, LA, entre outros de elite na 5, fica difícil…

  8. Fernando Silva

    Vitória tranquila. Garbage time em quadra.

    • Raphael Ferraz

      Boa vitória dos Celtics. Não ganhavamos dos Raptors na casa deles há seis anos! Algumas observações.

      – Foi um bom desempenho celta mesmo com os desfalques dos Raptors.

      – Excelente desempenho do Jaylen Brown (mais uma vez). Jayson Tatum um pouco abaixo mas ajudou o time des outras formas, 6 assistências!

      – Bom jogo do Hayward. Muito seguro nas escolhas, não forçou em nenhum momento.

      -Ótimo jogo do kanter, soube tirar vantagem do seu tamanho em baixo da cesta.

      – Gostei dos minutos dados tanto ao Langford quanto ao Grant Williams, parece que eles conquistaram de vez o Stevens

      – Brad Wanamaker não e tão ruim como alguns aqui pensam. Ele ajudo o time com alguns pontos vindo do banco e ótima defesa. Sobre o Ojeleye, eu concordo com vcs, parece que a cada dia que passa fica mais claro que ele não e jogador para a NBA.

      Só um desabafo:
      Alguém aqui viu o jogo que passou depois dos Celtics x Raptors? Embid dominou o Antetocumpo. Tenho um pouco de medo desse time dos Sixers. De qualquer forma, go Celtics!

  9. Fernando Silva

    Semi: mais um jogo sem comentários.

  10. Joao

    N entendo isso tb. Deixa o williams jogar mais pra evoluir. O semi ja teve mta chance.

  11. Lucas Soares Jardim

    Bela vitória hoje, queria destacar a atuação do JB novamente que tem sido um jogador constante demais. E pensar que ele só tem 23 anos, ainda tem muito o que evoluir.

    Um off-topic aqui, procurem no youtube “How The Celtics Offense Is Humiliating The NBA”. Eu sei que o título do vídeo é absurdamente exagerado, mas mostra como funciona o ataque organizado pelo Brad Stevens, e como funcionam nossas jogadas mais usadas, além de deixar claro a importância do Theis no esquema, pelo alto QI de basquete que ele possui para executar as jogadas.

    • Fernando Henrique

      Já disse isso aqui outras vezes e volto a repetir: é impressionante como o Theis completa bem o Gordon Hayward. Eles tem algumas jogadas já bem dominadas, e se o Hayward começou a temporada em alta, é também por conta dessa parceria

    • Robson

      Eu assisti e pensei o mesmo. Como o Theis é importante, muitas vezes em um trabalho quase imperceptível.

  12. Marco Antônio de Paula

    Muito boa essa vitória. Vencer fora de cada é sempre muito bom apesar da fragilidade do adversário. Entendo que o Celtics vem pegando os últimos times com problemas de garrafão, sem um cara dominante por ali. Mas estou feliz pois estamos bem nos rebotes. Kanter está bem nesse quesito. Brown muito bem hoje. Seria bom se ele jogasse sempre assim. Se ele controlar o psicológico vai crescer demais. Tatum vinha de um jogo sensacional, hj não conseguiu repetir o que é natural. Hayward se ficar saudável e manter um bom ritmo poderá ser muito útil. Só gostaria que o Zé Chiclete desse mais tempo de quadra pra garotada. Otimista? Não. Pés no chão. Precisamos melhorar para bater de frente nos playoffs contra Sixers e Bucks.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.